Home > Timberlake volta ao show de intervalo do Super Bowl, agora sem problemas com figurino

Timberlake volta ao show de intervalo do Super Bowl, agora sem problemas com figurino


segunda-feira, 05 fevereiro 2018

O cantor Justin Timberlake posou para uma selfie, prestou homenagem ao músico Prince e evitou riscos durante sua apresentação no intervalo do Super Bowl, no domingo, voltando ao palco onde ele e Janet Jackson foram o centro de uma polêmica envolvendo um “problema de guarda-roupa”.

Timberlake dançou e cantou durante a apresentação de cerca de 12 minutos para uma audiência estimada de 100 milhões de pessoas, combinando uma música de seu novo álbum com hits como “Can’t Stop the Feeling”, que o tornaram famoso como artista solo.

Resultado de imagem para Justin Timberlake

Prestando homenagem em Minneapolis ao músico Prince, nascido no Estado norte-americano de Minnesota, Timberlake tocou em um piano branco sob uma projeção do cantor, interpretando uma versão de “I would Die 4 U”.

Esse ano, a única peça de roupa retirada foi a jaqueta de Timberlake. Em 2004, o cantor rasgou parte do figurino da cantora Janet Jackson durante sua apresentação conjunta no intervalo do Super Bowl, brevemente expondo o seio da parceira de apresentação.

O incidente foi explicado como um problema de guarda-roupa e causou polêmica na internet, com a imagem do seio de Janet Jackson se tornando a foto mais buscada da internet na época.

A cantora acabou assumindo a maior parte da responsabilidade pelo incidente de 2004, com algumas rádios boicotando suas músicas. Já Timberlake deixou o ocorrido com poucos danos à sua carreira.

Resultado de imagem para Justin Timberlake super bowl

Poucas horas antes do jogo, fãs de Janet Jackson foram às redes sociais e tornaram a hashtag #JanetJacksonAppreciationDay (Dia de apreciação de Janet Jackson) o assunto mais comentado do Twitter nos Estados Unidos.

Fãs da cantora encheram a rede social com mensagens de apoio à Janet que, como artista solo, vendeu mais que o dobro de discos que Timberlake, de acordo com dados da Associação da Indústria Fonográfica da América.

Fonte: Agência Reuters

Imagens: Divulgação

Compartilhe!